ASSISTINDO A TRAVESSIA DOS GNUS

Na última vez que fomos para a África, em abril de 2010, perguntei qual era a melhor época para ver a migração dos gnus, sonho antigo que alimentei assistindo aos programas de TV.

Descobri que Julho é o melhor mês para ver este evento fantástico e lá fomos nós atrás da travessia.

Os ágeis motoristas procuram por pontos específicos na beira do rio, onde eles sabem que os bichos cruzarão. Na primeira vez que vimos, demos sorte e não demorou muito. Estávamos rodando desde cedo, quando, de repente, o guia parou o carro para esperar, bem longe da beira do rio para não afugentar os gnus, que chegam a somar quase 500 em uma travessia só.

Para se ter ideia, naquela região, cerca de 1,5 milhão de gnus cruzam o rio Mara todos os anos.

ASSISTINDO A TRAVESSIA DOS GNUS ÁFRICA DANI TRANCHESI

No momento que o primeiro põe a pata na água, os motoristas sabem que já não tem volta. Aí começa a loucura para chegar o mais perto possível da travessia e assim conseguir os melhores ângulos para fotos e filmes. Foi praticamente um rali! 

Além de protetor solar, boné e óculos de sol, também recomendo paciência, já que a migração pode demorar horas. Acontece que, se um gnu percebe algum carro, ele volta para longe do rio e todos os outros voltam também. Mas compensa esperar! É um verdadeiro espetáculo da natureza.

assistindo-a-travessia-dos-gnus-africa2-1

No dia seguinte, quando estávamos acabando o safári pela manhã, chegamos em um outro ponto em que também havia gnus. Era por volta das 10 h e estava muito quente. Ficamos horas parados, eu estava faminta e quase desistindo, quando finalmente o primeiro gnu atravessou – e foi pego por um crocodilo, inclusive.

Me senti nos programas que tanto assisto do meu sofá. Cada minuto sob o sol, a espera dos gnus, valeu a pena!

1 comentário
  1. Dani,

    Que maravilha sua experiencia!!! a Africa é mesmo um passseio além da imaginação e aventura.
    um beijo
    Bisa

Deixe uma Resposta

Seu email não será publicado.

Você pode usar esses HTML tags e artibutos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>