COMO CONSEGUI CORRER 7 MEIAS MARATONAS

Mesmo antes de ficar grávida do Pedro, eu já sentia vontade de começar a correr.

O problema era que eu saia desembestada, sem técnica e nenhum controle na respiração. Ou seja, achei que nunca fosse conseguir nem uma volta no quarteirão.

Depois que Pedro nasceu, decidi aprender a correr. Parece simples, e é, mas requer certo treinamento para principiantes. Mesmo assim, eu corria por hobby e nunca imaginei ser possível fazer uma meia maratona. Fui treinando, gostando e um belo dia decidi: vou fazer!

Fiquei pensando em seria o lugar ideal para essa nova empreitada que eu tinha inventado e escolhi Paris! Eu já havia feito provas de 10 km e 12 km, então tinha uma base que me ajudava. Para essa meia, me preparei cerca de 8 meses, aumentando a intensidade e fazendo treinos de tiros, sempre orientada pelo Marcos Paulo Reis, um craque além de grande amigo. Foi demorado, cansativo e tive que ser perseverante. Mas, hoje em dia, não consigo ver alguém falando que não consegue correr. Consegue sim! Requer treino, paciência e ajuste do seu próprio ritmo.

ilustracao-maratona

Correr é democrático, fácil, dá para fazer em qualquer lugar e não necessita de equipamentos especiais. Além disso, é possível montar uma turma de amigos bem legal para incentivar um ao outro.

Passar pela linha de chegada parece bobo, mas é uma emoção indescritível, uma vontade de passar o dia com a medalha no peito.

Sobre os meus resultados, consigo correr 21 km (o percurso da meia maratona) em 2 horas e 15 minutos. Acho um monte! Mas sei que é um tempo para quem, assim como eu, corre tranquilamente e sem se machucar.

This post is also available in: Inglês

-

Deixe uma Resposta

Seu email não será publicado.

Você pode usar esses HTML tags e artibutos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>