CONHECENDO HAKONE E KYOTO

Depois de dias maravilhosos em Tóquio, seguimos para Hakone.

Para ficarmos ainda mais imersos na cultura japonesa, escolhemos nos hospedar em um Ryokan, os hotéis tradicionais do Japão. Ao chegar, recebemos um quimono e passamos o dia todo com ele. A experiência já começa pelas vestimentas!

hakone dani tranchesi Bernardino
Hakone
Jantar típico japonês dani tranchesi
Jantar típico

Durante o dia, existem banhos separados para homens e mulheres. Você chega, toma uma rápida ducha e depois entra na piscina quente, onde pode ficar por horas. É um programa bem contemplativo e relaxante. Para encerrar nosso único dia por lá, jantamos comidas típicas nos tatames. E na hora de dormir, nada de camas: o sono era em tatames também. Adorei.

No dia seguinte, seguimos de trem-bala para Kyoto, cidade imperial que me deu a sensação de ter trocado de país.

Além do Palácio Imperial, visitamos também o Museu do Musgo, passeio imperdível por lá e que deve ser reservado com antecedência, através da internet.

Para entrar no Museu, fizemos uma aula de caligrafia com bico de pena. Segundo os japoneses, isso funciona como uma espécie de meditação para que os visitantes entrem no museu em uma outra vibração, mais calma e serena.

 Contemplar os musgos é uma experiência que eles levam muito a sério e eu aprendi a apreciar. Existem musgos bons, os excepcionais e os não tão bons assim, pois sufocam os outros. Durante o tour, aprendemos que os musgos são sagrados por lá. É maravilhoso poder caminhar entre tapetes verdes vivos.

Termas de Hakone Japão Viagens
Termas de Hakone

Ao final dos três dias por Kyoto, o saldo foi super positivo. Fomos em alguns restaurantes tradicionais, vimos diversas gueixas e depois partimos para as Filipinas, onde encerramos a viagem.

Gueixas Viagens Internacionais Japão Kyoto
Gueixas
-

Deixe uma Resposta

Seu email não será publicado.

Você pode usar esses HTML tags e artibutos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>