DE AMARELO NA CIDADE AZUL

Rajastão Índia Jodhpur Viagens

Estas serão as cores marcantes na chegada de 2017 da Dani. Amarelo no corpo. Azul ao alcance dos olhos.

Os diferentes azuis estarão espalhados pela cidade de Jodhpur, aos pés do Forte de Mehrangarh, construído no final do século XV no estado de Rajastão, Índia.

O local e o momento foram escolhidos com muito cuidado para mostrar ao Bernardino seu encantamento com a pureza, espiritualidade e energia daquele País. Era um desejo da Dani voltar para o Rajastão levando consigo o cara da sua vida.

jodhpur índia viagens

“O Bernardino foi mudando a visão sobre a Índia após começarmos explorar uma Ásia mais light. Sinto que agora é o momento de irmos juntos para lá. Tive um ano tão produtivo que merece uma reflexão na Índia”, disse ela. E assim será.

O amarelo estará no vestido que provamos hoje! Ele será usado na noite de Réveillon, para um jantar no interior do Forte. Assim como o local, a cor também não foi escolhida ao acaso. Foi um convencimento após ouvir os conselhos da amiga Adriana Vilarinho, que sempre escolhe o amarelo para atrair prosperidade, alegria de viver e para aguçar a capacidade de aprendizado. Ao que tudo indica, funciona bem! A Dani também garantiu uma polo amarela para o Bernardino – o casal tem que crescer unido!

de amarelo vestido salto look dani tranchesi

Como a temperatura nesta época é mais amena, escolhemos um tecido bem colorido para ser usado sobre o vestido, como uma echarpe, para proteger do friozinho. Esta escolha também vale a explicação. Como não encontramos nenhuma pashmina com as cores que queríamos, a Dani lembrou de uma saia étnica comprada em Myanmar, em 2015, que poderia ser o que buscávamos. E era. Desmanchamos a única costura existente e… pronto.

Fechamos a produção com sandálias douradas e acessórios também dourados com pedras coloridas. Mas, atenção, só escolhemos sandálias porque o percurso do hotel até o Forte de Mehrangarh será feito de carro, vintage por sinal. Nos demais passeios pela Índia a recomendação principal é calçar sapatos que protejam muito bem os pés para pisar no mesmo chão por onde circulam vacas sagradas e seus dejetos não tão sagrados.

Todo cuidado é pouco para não começar o ano pisando onde não deve!

-

Deixe uma Resposta

Seu email não será publicado.

Você pode usar esses HTML tags e artibutos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>