MERGULHANDO NA HISTÓRIA DO ZOROASTRISMO

O Zoroastrismo nasceu entre 1000 e 600 anos antes de Cristo e é considerada a primeira religião monoteísta do mundo.

Zaratustra, seu profeta, dizia que tínhamos que falar o bem, fazer o bem e pensar o bem. Acreditavam na dualidade humana e que Deus criou o homem com razão e consciência para que ele fosse responsável por suas ações. Ainda naquela época já se pregava o cuidado com a natureza e a igualdade entre os seres humanos.

Zoroastrismo

Começamos o dia com seus ensinamentos. Fomos a um lugar sagrado, no alto da montanha, onde construíram um espaço para colocarem seus mortos. Deixavam no topo da colina e ao relento para que os abutres comessem sua carne, já que esses bichos são os únicos que comem tudo no mesmo lugar que os encontram. Logo após, havia um guardião que depositava os ossos em um buraco ao centro.

Passada essa parte um pouco estranha, fomos ao Templo do Fogo Sagrado, afinal, os Zoroastristas cultuavam o fogo como forma de luz eterna. Neste local, há uma chama que já viajou por muitos lugares e está acesa desde o ano 470 a.c.

Cheias de saberes sobre o Zoroastrismo, seguimos adiante para o nosso almoço, em um antigo hotel. Refeição feita e fomos andar pela cidade velha, embaixo de um calor implacável. A cidade estava completamente vazia porque ninguém se atreve a sair de casa naquele horário. Nossa guia nos explicou fomo funciona, há milênios, o sistema de ventilação das casas. Trata-se de uma engenhoca muito bem pensada, chamada poeticamente de Túneis de Vento. Achei o nome lindo! Naquela hora muitas sombras se formavam nas vielas pelas quais passávamos. Conhecemos a mesquita antiga da cidade, que diferente das de outros países muçulmanos, é mais aberta, mais clara e repleta de azulejos de tons de azul-turquesa maravilhoso.

Fogo sagrado
Fogo sagrado

Paramos em um café com wi-fi e que alegria! Estávamos abrigados do calor, umas tomando limonada, outras café expresso, comendo bolo de chocolate ou se refrescando com um sorvete. Aproveitamos para falar com as famílias no Brasil e postamos milhões de fotos no Instagram. Algumas foram fazer algumas compras rápidas, mas eu fiquei por ali, sentindo o clima daquele Irã, naquele momento tão leve, imaginando como é viver ali sendo mulher debaixo daqueles panos todos e com regras tão rígidas. Fico feliz por ter nascido onde nasci.

Zoroastrismo-mulheres-devidamente-maquiadas
Mulheres devidamente maquiadas

Pausa e compras feitas, fomos a um lindo jardim com algumas casas antigas que hoje servem para vermos como funcionam os Túneis de Vento (ali bate uma brisa incrível!). Encontramos muitas iranianas devidamente vestidas e muito bem maquiadas. Elas se encantaram conosco e quiseram conversar, tirar fotos e trocar e-mails, Instagram e Facebook. O lado moderno dessa Pérsia milenar também existe para essas mulheres sedentas por novidades.

Voltamos ao nosso hotel para um jantar rápido, já que o trem nos esperava para mais um capítulo da nossa viagem.
Até o próximo!

This post is also available in: Inglês

-

Deixe uma Resposta

Seu email não será publicado.

Você pode usar esses HTML tags e artibutos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>