SOBRE AS FLORES DE PYIN OON LWIN

Mercado Myanmar
Mercado

O dia começou bem animado. Acordamos sabendo que íamos viajar e isso é sempre uma aventura por aqui.

Voltamos para Heho de van e pegamos um voo de 30 minutos para Maladay. Depois, mais duas horas de van para Pyin Oon Lwin, cidade conhecida pelo clima ameno e plantações de flores. Não sei se esse motorista era menos competente que o último ou a estrada mais sinuosa, só sei que tive frio na barriga durante o trajeto.

Almoçamos mais noodles com vegetais, comida de praxe nos dias em que não estamos no trekking e fomos para o mercado da cidade. Ficamos horas por ali – pra variar – e nos divertimos muito com as câmeras fotográficas e a interação das pessoas. Aqui, ninguém se ofende nem pede dinheiro ao ser fotografado, apenas demonstram curiosidade e alegria.

Flores de Pyin Oon Lwin Jardin Myanmar
Flores de Pyin Oon Lwin

Depois de muita insistência da nossa guia, saímos do mercado para conhecermos o Jardim da Cidade, um parque lindo rodeado por um lago. As flores são realmente belíssimas, mas o jardim como um todo parece muito europeu para este lugar – herança da estadia dos ingleses por aqui. A guia nos convidou para um chá, cheio de comidas locais deliciosas: chás, claro, de todos os tipos, café e vários pãezinhos. Continuamos no clima dos pratos típicos e fomos jantar em um restaurante chamado Feel.

Foi maravilhoso! Comida meio chinesa, meio thai e nenhum turista além das três loiras aventureiras.

This post is also available in: Inglês

-

Deixe uma Resposta

Seu email não será publicado.

Você pode usar esses HTML tags e artibutos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>